Pazuello é empossado ministro da Saúde após quatro meses como interino

Pazuello estava à frente do Ministério da Saúde desde maio, quando o então ministro Nelson Teich pediu demissão da pasta.
General Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde (Foto: Alan Santos/PR)
General Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde (Foto: Alan Santos/PR)

 

O general Eduardo Pazuello foi efetivado ministro da Saúde, o terceiro do governo de Jair Bolsonaro, em cerimônia de posse nesta quarta-feira (16). A solenidade aconteceu no Palácio do Planalto, com a presença de autoridades, como o presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), e ministros de Estado.

De acordo com informações do G1, o Salão Nobre, onde aconteceu o evento, estava lotado. Os convidados estavam de máscara, conforme determina a legislação do Distrito Federal.

Pazuello estava à frente do Ministério da Saúde desde maio, quando o então ministro Nelson Teich pediu demissão da pasta. Antes secretário-executivo, o general passou a conduzir a pasta e definir estratégias para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Em junho ele foi nomeado inteirno na Saúde.

Antes de Pazuello, o Ministério da Saúde foi comandado por Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich. Ambos saíram por divergências com Jair Bolsonaro sobre o uso de cloroquina no tratamento da Covid-19 e medidas de distanciamento social.

Fonte: Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *